Buscar
  • Sentinela

Impacto do COVID-19: o varejo fecha as portas e os hackers abrem para negócios

Leia o post original em inglês aqui.


Conforme tentamos conter a pandemia de coronavírus pelo mundo, seus impactos se espalham rapidamente. Países estão fechando suas fronteiras e impondo o isolamento de cidades e estados, o entretenimento está parando, e comerciantes estão fechando suas portas.


E claro, enquanto a economia real vacila, um outro tipo de economia entra em ação: hackers por todo o mundo estão tirando proveito da pandemia de COVID-19 para aumentar suas atividades e espalhar suas próprias infecções.


Aumento dos domínios relacionados ao Coronavírus

Nesse post (em inglês), a Check Point analisa que domínios relacionados ao Coronavírus têm 50% a mais de chances de serem maliciosos, comparados com outros domínios registrados no mesmo período. Desde o começo de Janeiro, durante o período inicial de reportes dos casos da doença, mais de 16000 novos domínios relacionados ao Coronavírus foram registrados. Somente nas últimas semanas (desde o final de fevereiro), notamos um grande aumento no número de domínios registrados - a média de novos domínios é quase 10 vezes maior do que a média das semanas anteriores. 0,8% desses domínios foram considerados maliciosos (93 sites), e outros 19% foram considerados suspeitos (mais de 2200 sites). Apenas na última semana, mais de 6000 novos domínios foram registrados - um aumento de 85% comparado com a semana anterior.


Imediatamente após o começo das notícias sobre a pandemia de COVID-19, cibercriminosos começaram a usar a mídia global como cobertura para atividades maliciosas. O gráfico abaixo mostra a busca geral por "coronavírus" no Google Trends, comparado com as tendências do termo observadas em discussões em mídias sociais de cibersegurança e cibercrime.


E agora estamos vendo que hackers enxergam a pandemia como uma oportunidade de aumentar seus negócios. Como "Cyber Monday" ou "Black Friday", os investigadores da Check Point encontraram vários "especiais coronavírus". Ofertas especiais de diferentes hackers promovendo seus "itens" - normalmente malware ou ferramentas para exploits - sendo vendidos na dark web em ofertas especias com códigos de desconto como "COVID19" ou "coronavirus", tendo como alvo aspirantes a cibercriminosos. Veja alguns exemplos:



[Na imagem: Desconto Coronavírus! 10% em TODOS os produtos. Quanto mais você compra, mais você economiza!] E não se trata de acessórios de moda ou um novo smart watch. Alguns dos "itens" disponíveis para compra incluem um bypass de Windows Defender, e uma build para fazer o bypass da segurança de emails e do chrome.


No exemplo a seguir, os investigadores da Check Point encontraram um grupo de hackers sob o nome de SSHacker, que se descrevem como "dedicados a fornecer o melhor serviço de hacking desde 2005", e estão oferecendo serviço de hacking para Facebook com descontos.


15% de desconto com o código COVID19


E não para por aí. Claro que existem vários sites falsos de "compras" oferecendo bens de luxo a preços inacreditáveis. Um vendedor sob o nome de "True Mac" oferece o modelo "mais amado" - MacBook Air - por fantásticos US$390 (cerca de 1980 reais) como uma "oferta especial de coronavírus". Como se diz, se a oferta parece boa demais para ser verdade, ela provavelmente não é.


Como sempre, esteja atento para qualquer site que ofereça descontos de "oportunidade única", não importando o quanto ele pareça legítimo. Para evitar ser vítima de golpes online, nossas recomendações para se comportar de maneira segura online são:


  1. Tenha cuidado com emails e arquivos recebidos de remetentes desconhecidos, especialmente se eles oferecem ofertas especiais ou descontos.

  2. Não abra anexos desconhecidos ou clique em links nesses emails.

  3. Garanta que você está encomendando produtos de fontes autênticas. Uma maneira de fazer isso é NÃO clicar em links promocionais em emails, e ao invés disso, pesquisar no Google o nome do vendedor e clicar no link da página de resultados.

Lembre-se sempre que, tanto quanto lavar as mãos regularmente, é importante manter também sua cyber-higiene.

0 visualização
LINKS
ABOUT

Sentinela Security

Av. Osvaldo Aranha, 1022 sala 907

Bom Fim – Porto Alegre/RS

CEP 90035-191

51 3061.5962
contato@sentinelasecurity.com.br

SOCIAL
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon

© 2016 by Sentinela Security. Proudly created with Wix.com